sábado, 30 de agosto de 2008

Refluxo Gastro Esofágico

Eu estava um pouco reticente em escrever sobre uma patologia especifica, mas outro dia minha prima - que é uma mulher instruida e tem acesso a informação e à internet - me ligou com dúvidas básicas sobre o refluxo. Eu estava reticente porque existem um monte de fontes (desde enciclopedias de saúde para familiares até sites bons e ruins) sobre as mais diversas patologias. Também porque eu tendo a ser um pouco hiperbólico nas minhas explicações, o que foge um pouco da minha intensão neste blog, pelo perigo de ser extenso em formato... quem sabe num podcast...
Bem, acho que eu já estou sendo extenso... vamos ao que interessa:O Refluxo Gastro Esofágico (RGE) é uma situação na qual o que deveria ir e não voltar, volta. Ou seja, um músculo no final do esôfago, cuja função é de impedir o refluxo, fluxo invertido do conteúdo do estômago de volta para o esôfago, é frouxo - e como todo frouxo, não atende às espectativas. Isso é fisiológico - ou seja, normal/funcional até uns 3-6 meses, podendo não ser patológico até cerca de um ano.

Pato... o quê? Patológico significa doentio, doença, doente. A generosa e conhecida golfada que os nenês teimam em dar nas mangas e nas costas das nossas camisas é um exemplo do refluxo. Ao invés de arrotar (é... pediatria é isso: arroto, cocô, vômito, xixi...), vai tudo pra fora. Como geralmente achamos que recém nascidos são anjos, e como vômito de leite (principalmente de leite humano) não cheira tão mal, não chamamos de vômito, mas de golfada (ou gorfada, por aqui em SP). Mas é tudo vômito. Se a criança vomita, regurgita, reflui, volta, põe pra fora, golfa, gorfa mas ganha peso e altura normalmente, chamamos isso de refluxo fisiológico.

Meu mestre Marcus Renato me ensinou que "quem bebê que golfa, engorda". Ok, é verdade, e a gente vai relevar esta história até uns 6 meses. Quando passa disso (e o vômito começa a ficar com cara e cheiro de vômito) ou o pediatra começa a identificar alguma perda no ganho de peso ou de altura ou ainda se houver alguma complicação, esse refluxo vai começar a ser olhado de lado, e vai ter que ser tratado.Tratado? Bem, se o problema é um músculo frouxo, o único tratamento seria fortalecer este músculo frouxo ou concertar cirurgcamente. Essa é a única forma de tratar o refluxo. Como a segunda opção é muito radical (chama-se funduplicadura, e é uma cirurgia em que se pega um pedaço do estômago e gira por cima da ponta do esôfago, fazendo uma braçadeira por cima do esfíncter - o tal do músculo), vamos tentar a primeira. É aí que mora o perigo... não tem remédio que fortaleça ou enrigeça este músculo. Não existe viagra pro esfincter esofagiano.

Ué... e o motilium e o label que o meu pediatra passou? Como assim? Bem, essa é uma história delicada. Não se aborreça. Eu não sou louco e seu pediatra não é ruim da cabeça. Como não há o que fazer para resolver definitivamente o problema através de remédios, a gente tenta atenuar o refluxo e suas conseqüências de outras formas (até criativas). Se não dá pra impedir que o conteúdo volte, a gente tenta diminuir o conteúdo e sua pressão. Aí entra o motiliu, o plasil, o digesan e afins. Eles tentam facilitar o esvaziamento gástrico (do estômago), tentando diminuir a pressão e o tempo que ele fica cheio. Também tentamos ajudar isso usando uma tecnologia avançada e pouco compreendida ainda chamada força da gravidade: usamos a famosa 'cabeceira elevada'. Evitamos também volumes de dieta muito grande, fracionando a dieta. O label entra como "anti-ácido", tentando diminuir a acidez do estômago, diminundo parte das conseqüêncas do RGE sobre o esôfago como a esofagite (aquela queimação na boca do estomago ou pirose).O refluxo pode causar chiados no peito (Síndrome do Bebê Chiador), infecções de repetição (otites, pneumonias, sinusites), sufocamento por engasgo (por broncoaspiração) e está relacionado com aquela famosa Morte Súbita do Recém-Nascido.

Se nada der certo, chamamos o cara da faca - o cirurgião. No entanto, este é um recurso radical e perigoso, porque implica em todos os riscos de uma grande cirurgia, inclusive dependendo do estado clínico do paciente, de morte. A melhor pessoa para opinar sobre este assunto é o cirurgião e seu pediatra. Eles vão saber julgar se vale ou não operar.

Muitas vezes, na imensa maioria das vezes, com o tempo e consequentemente com a idade, o esfíncter esofagiano amadurece e se reforça. Geralemente é assim.

Atualizado e revisado em 19/3/2010

Um abraço.

66 comentários:

Anônimo disse...

Muito Boa Tarde Andre!

Antes de mais nada ... desculpe pelos "nao acentos" nao faco a minima ideia onde configura meu teclado.

Otima a materia do Sr., parece que foi escrita para mim.

Meu nome e Samanta, tenho uma filha de 9 meses, a Clara. Moramos em SBCampo - SP.
Descobri o refluxo somente agora ... ela sempre golfou muito, mas como vc mesmo disso, minha pediatra falou que ate os 6 meses era normal ... coincidentemente a partir do sexto mes ela comecou com uma tosse frequente que nao melhorava com nada ... ai comecaram as tentativas: antialergico (Desalex), SEKI, inalacao com pulmicort ... e bla bla bla ... ate que a 1 mes atras ela partiu para a pesquisa do refluxo e comecamos a inalacao com Meclin (que foi praticamente a solucao da tosse). Agora faz 1 semana que comecamos com exatamente Motilim e Label. Fiquei tao pra baixo, pois fiquei sabendo que podera vir a melhorar somente com 3 anos de idade. Mas como a pediatra mesmo disse, melhor refluxo com chance de melhora do que uma ASMA que e bem mais dificil de curar.
Qual sua opiniao em relacao a melhora do refluxo? e realmente a partir dos 3 anos que ha uma melhora? O Motilium e o Label serao praticamente continuos??

Sds

Sucesso!

Samanta

Andre Bressan disse...

Samanta,

Obrigado por suas palavras...

Que bom que seu nenê teve melhoras. Muito bom, parabéns, mesmo.

Sua médica está correta, também trocaria uma asma por um refluxo, tranquilamente. realmente, a infinita maior parte dos pacientes melhora com a idade e o crescimento. Em alguns, há uma persistência discreta do refluxo, e ocasiona esofagites na vida adulta, engasgos, "arrotos molhados" e outros desagrados.

Em alguns casos, não há melhora, ou, as consequencias do refluxo nos levam a classificá-lo como RGE patológico, e, nesses casos, quando o tratamento medicamentoso não resolve, temos que encaminhar o paciente para cirurgia (que na maioria dos casos pode ser feita por videolaparoscopia, o que é melhor (mas parece não ser mesmo o caso da sua filha).

Num site de um amigo meu (o médico que me inspirou a fazer pediatria, e pediatra dos meus filhos, o professor Marcus Renato), ele diz:

"Em geral surge entre o nascimento e quatro meses de vida. Apresenta resolução espontânea na maioria das vezes, até os 18 meses, sem comprometimento do crescimento e desenvolvimento da criança, mas pode persistir até dois anos de idade, sem outros sintomas ou complicações associadas. Com a introdução da dieta pastosa ou sólida e a adoção da postura ereta, a freqüência dos episódios diminui."
O site dele é o www.aleitamento.com

Você diz que está fazendo inalação com Meclin.... não seria ingestão? Vc manda manipular? Pensei que só havia em comprimidos...

Bem, Vc está de parabéns pelo sucesso da melhora da sua filha. E se gostou do site, recomende.

Um abraço.

Andre.

Anônimo disse...

Boa tarde Dr.Andre Bressan, meu nome é Renata, eu acessei o seu blog para uma pesquisa sobre REFLUXO e gostei muito da sua matéria, parabéns.
Minha filha tem 3 aninhos, Pietra, eu acho que pelo que entendi refluxo é uma situação contínua, então se for, Pietra não tem, mas de vez em quando ela tem umas crises, na maioria das vezes começa com tosses e nessa época ela sempre vomita tudo que come, ontem aconteceu, tem uns 4 dias que ela estava tossindo, até que ontem antes do acontecido ela não tossia, mas foi tomar mamadeira de mucilon e vomitou (acontece muito dela da a primeira golada e ameaçar o vômito, depois ela continua e ao terminar vomita tudo), nesa ocasião ela começou a tossir horas depois de ter se alimentado e aí vomitou umas 3 vezes e ao amanhecer, reclamando de dor no estomago e foi beber água(também vomitou toda a agua).
Ela faz tratamento anti-alérgico com frequência, ela toma xaropes manipulados com florabiotic, cetotifeno, xarope QSP, vitamina B2, B1, hidroxizine, e tb usa no nariz budesonida, cosmoguard, soro fisiologico, além da vacina diária. Gostaria de saber se o quadro que te apresentei pode ser refluxo ou não? Isso ocorre com uma frequência de 2 em 2 meses, as vezes mais ou menos, mas é a média.
A pediatra dela nunca foi imediata ao me dizer, mas em meias palavras eu subentendi que a Pietra tem asma, ela tomou por algumas vezes o sabutamol, mas aí é que ela vomitava mesmo. obrigada desde já e parabéns mais uma vez pelo blog.

Andre Bressan disse...

Olha, pode ser as duas coisas. Vou começar com uma coisa que você não me pediu: um conselho. Evite meias palavras Com alguns assuntos de segurança máxima, como saúde, ou optamos pela verdade inteira (mesmo que ela implique em dizer "não sei o que sua filha tem, mas estou tentando descobrir") ou pela ignorância completa (às vezes, uma informação pode ser demais para nós - como por exemplo descobrir que tem um câncer grave, aos 97 anos - de que adianta, se o idoso é muito sensível, é lúcido e não tem chances de tratamento??). De qualquer forma, a opção é sua, não do médico. A nós não é dado o direito de privá-los de informação. Podemos às vezes pre-supor que o paciente entendeu e não esclarcermos devidamente. Se você não sabe o que a sua pediatra pensa a respeito, seja direta. Ela vai apreciar.

Quanto ao quadro pode ser as duas coisas. Talvez sua filha tenha mesmo asma, é possível. Pode ter também RGE. Mas seja direta com sua médica. O diagnóstico é clínico. Se ela nega isso, ou ela deve ter certeza, pergunte porque tanta certeza. A história não descarta o RGE, mas um nunca vi sua filha. Se vc não se convencer, você pode buscar uma 2a opinião, de algum médico que examine sua filha.

Posso postar sua pergunta nos comentários? pode elucidar a duvida de outras maes.

Um abraço,

Anônimo disse...

Boa noite, Dr. André
Entrei em seu blog quando procurava uma luz sobre o problema de minha filhinha e gostei muito do seu jeito de falar sobre o RGE, simples, sem ser mediocre e exato sem usar demasiados termos médicos, ou seja, aquilo que nós, pais leigos, precisamos, já por isso, meus agradecimentos.
Mas, sem querer tornar isso uma consulta ^^, minha filha tem apresentado quadro de vomitos constantes apos as mamadas, e de uns 3 dias para ca, começou a chorar durante a amamentação, com sinal de forte irritação. Sempre ouvimos um som de liquido vindo do peito, o que me parece RGE, e para ajudar, a nossa pediatra receitou o Motilium. Mas, lendo a bula dele, fiquei com medo, afinal minha filha tem somente 1 mês de vida, e passou esse um mês usando o Regisan.
Como o Motilium age no sistema nervoso e o RN tem vulnerabilidade justo ai, vale mesmo a pena usar esse remédio?
O que me preocupa é que parece que estou pecando: ou pelo excesso, usando medicamentos ou pela falta, tentando usar só receitas caseiras ( massagens, colo e paciência).
Poderia opinar.
Agradecido e , muito sucesso em 2009

srdenoni disse...

Boa Tarde Dr.

Tenho uma filha que acabou e completar 7 meses. Quando ela tinha 2 meses ela apresentou uma tosse seca e a pediatra achou que era uma tosse normal, só que não resolveu com xarope. Fomos a outro pediatra que nos falou que seria devido a refluxo esta tosse e tratou com Nux Vomica (remédio fitoterapico) ela melhorou. Mas aos 5 meses a tosse volto de forma pesada cm algo que parecia catarro e chiado no peito... tratamos com vários remédios, inalação, berotec, aerolin, e a tosse não melhorava. Voltamos ao pediatra fitoterápico e estamos a mais de 40 dias tratando com Nux Vomica e Vertigo Hell, pois ele pediu alguns exames e constatou que não é tosse alérgica. Só que esta tosse não some, tem quadros de melhora e depois volta a tossir... EStamos em dúvida, devemos consultar um especialista gastro? Será que existe algum outro remédio que possamos tentar, o Mothilium não adiantou nada também..

Desde já agradeço a resposta

Abraços

Roberto e Ana CRistina.

Andre Bressan disse...

Sr. Anônimo,

A ação e os efeitos colaterais dos anti-eméticos (plasil, digesan, dramin) e dos pró-cinéticos (motilium) no SNC de crianças tão jovens realmente não é bem conhecido, e os estudos não nos dão absoluta segurança sobre o uso, nem os contra-indicam absolutamente. Essa é realmente uma decisão difícil que vai depender muito do esclarecimento do seu pediatra e da confiança que vc tem nele. Isso vai merecer acompanhamento e paciencia, e talvez até umas opiniões externas caso você tenha mesmo dúvidas durante o processo. No entanto, sua filha sofre, e o sofrimento tem que ser bem avaliado e diminuido. Não saberia interferir à distância, mas é um caminho possível, e converse francamente com seu pediatra.

Roberto,

Talvez realmente valha a visita a um bom gastropediatra. Eu indicaria. Mas, nunca examinei sua filha nem a acompanharei... portanto, converse com seu pediatra. Ah, sugiro que você tenha UM bom pediatra, em quem você pode confiar sua filha. Meus filhos tem um BOM pediatra, e não sou eu. Mas confio nele, foi meu professor e dele tenho as melhores referências. Andar entre atopia/rinite e RGE é um caminho dificil de percorrer, mas é importante. Até mesmo porque ela é muito nova para fazer acompanhamento com alergista.

Espero ter ajudado.

Um abraço.

Alessandra disse...

Olá doutor André,tenho uma filha com 4 anos e 4 meses,gostaria de dizer à todas estas mães que tenham muita fé e muita paciência,porque eu já passei por tudo o que todas elas estão passando,minha filha tem refluxo grau 3 e ainda por cima tem alergia do leite de vaca,e sofremos muito com tudo isso,digo sofremos porque acaba envolvendo toda a família,minha filha não pôde frequentar escolinha,porque todas as minhas tentativas foram em vão,mesmo com todas as minhas recomendações as tias insistiam em dar leite de vaca para ela,até que a pediatra dela me disse para esperar ela completar 6 anos de idade,porque com o passar dos anos o refluxo e alergia somem ou pelo menos melhoram,ela faz tratamento com Label e Motilium,além disso evito dar leite e derivados para ela.Encontrei seu blog fazendo uma pesquisa sobre refluxo e phmetria, e adorei,achei bem informativo para nós mães que ficamos desesperadas e não sabemos o que fazer.Minha filha possuia todos os sintomas de refluxo desde que nasceu,mas a pediatra que ela tinha naquela época nunca desconfiou porque ela não deixava de ganhar peso e nem de crescer,só foi diagnosticado quando ela completou dois aninhos,e até chegar a esta idade minha filha sofreu muito com sinusite,faringite e outros (ites) da vida.Hoje graças a deus eu posso dizer que estamos quase vencendo esta batalha,é um longo caminho à percorrer,mas tendo paciência a gente chega lá.Bjus pra todas estas mães guerreiras.
E parabéns à vc doutor,continue aqui informando e ajudando todas nós.obrigada pela oportunidade de dar meu depoimento.

Andre Bressan disse...

Alessandra, obrigado pelos elogios. Esse é de longe o post mais comentado e acessado. Parabéns pelo seu intusiasmo, deu pra sentir sua voz vibrando pelo monitor.

Deus de guarde e à sua filhota.

Um abraço.

Anônimo disse...

Olá, é muito triste, porém confortante saber que não sofro sozinha com este problema. Tenho uma filha de 3 anos e 4 meses, com 1 mês a pediatra detectou que ela tinha refluxo, receitou vários remédios, entre os que me lembro está o Label, porém, esta pediatra que acompanhou minha filha desde o nascimento até 1 ano, se mudou da minha cidade e como moro em uma cidade pequena no interior de Minas Gerais, não veio para cá mais nenhum pediatra, recente apareceu uma outra, mas só atende pela prefeitura e com autorização da enfermeira, que primeiro tem que fazer o diagnóstico. Portanto tenho que buscar assistencia em cidades vizinhas. Minha filha vomita no minímo uma vez por semana, a última pediatra que a atendeu a encaminhou para a emergência de um hospital, pois detectou uma desidratação e não quis fazer um pedido para um gastro, alegando que tinha que fazer acompanhamento do caso. Até que idade é normal? Existem alimentos que favorecem os vomitos? Pode ter algum fundo emocional? Eu adiantei o parto dela em aproximadamente 12 dias, isso pode influenciar, ou seja, algum órgão pode não ter se formado adequadamente? Obrigada pela oportunidade de sanar minhas dúvidas.

Krys disse...

Olá Dr Andre!!

Adorei o que escreveu, esta bem simples e sem rodeios, estou aqui tentando buscar uma solução para o refluxo do meu filho Gabriel de 4 meses. Ele ja toma Motilium e Label, mas não esta resolvendo, e é triste ve-lo vomitando. E saber que pode dsemorar a passar. E olhe que ja passei po isso, tenho tbem uma filha de 5 anos, a Raissa, que tbem teve refluxo, ela chegava a vomitar 8 vezes em um dia, os vomitos eram em forma de jatos, dava pra sentir a contração do estomago dela, era terivel, ela tomou varios emédios e tbem não resolveu, so passou quando ela fez 3 anos, hoje ela esta otima. Mas se já é difícil passar po isso uma vez, imagina passar po duas, como é o meu caso, estou desesperada querendo que o tempo passe logo. Não ha mesmo nada que se possa fazer para parar os vomitos? O que causa o refluxo na verdade? O que fazer quando nada resolve, inclusive os remedios?
Helppppppppppp!!!!!

Desculpe, estou sem esperança, so desabafando!!!

Anônimo disse...

Boa tarde, tenho uma filha de 5 anos e desde os 4 meses ela tem quadros de rinite, bronquite. Já foi operada de um diverticulo. Há uns 15 dias levei ela ao médico pois estava com dores na barriga. O intestino é preso, achavamos que fosse aderencia da cirurgia mas foi descartado. Foi feito exame de fezes e ultassonografia do abdomem, mas nada constatou. Voltei na pediatra hoje e ela me sugeriu tratamento com Omeprazol pois acha que ela tem refluxo, devido aos sintomas( constipação, soluços frequentes, dor na brarriga , dor no peito). Gostaria de saber se pode ser refluxo, pois estou em duvida se faço o tratamento. Perguntei se não existia algum exame para detectare o refluxo e ela me disse que sim , mas primeiro é melhor fazer o tratamento por 2 meses. Estou em dúvida. GLM

Penduricalhos Bijoux & Afins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Olá Dr. André!

Nossa...parece que estou vvendo uma luz no fim do túnel.
Quando minha filha tinha 1 mês, regurgitava muito, o ex-pediatra dizia que ela mamava de mais, só que detalhe, depois de 2 meses fui descobrir que não tinha leite, a fofa sofreu por todo esse tempo. Mudei de pediatra e os sintomas persistiram. Agora ela tem 6 meses, vomita muito, está com uma tosse horrorosa. A pediatra receitou Desalex, e inalação com berotec e atrovent, mas nada passa a tosse. A pediatra mandou eu ir a um gastro. Confesso que estou perdida, não gosto de ver minha filha desse jeitinho. Já marquei um gastro mas só pra daqui 1 mês. Não sei o que fazer no momento pq nem o berçario está querendo ficar com ela mais.

Att,

Grazi

Tássia disse...

Olá doutor minha filha tem 2 meses e meio e desde que nasceu sofre com o refluxo tanto que tive que reforçar a alimentação com o leite em pó Aptamil AR (anti regurgitação) elatambém toma Bromoprida (8/8Hrs) e Label (12/12Hrs) gostaria de saber se posso pingar no próprio leite da mamadeira algumas gotinhas de dramin .... me disseram que funciona....ela tem ganhado peso e ealtura muito bem...meu principal problema é que ela engasga muito já tiv até que chamar o resgate....também o chiado no peito e a dificuldade para dormir...além do dramin o senhor não acha que todos esses remédio são demais para um bebe de 2 meses?

muito Obrigada....

Tássia

MICHELINE disse...

OLÁ DR. ANDRÉ. PROCURANDO RESPOSTAS PARA O DILEMA Q ESTOU PASSANDO ACHEI SEU BLOG. ADOREI MUITO ILUSTRATIVO. TENHO UMA FILHA DE 6 MESES, Q AOS 2 E MEIO TEVE UMA CRISE DE BRONQUIOLITE E PRINCIPIO DE PNEUMONIA TRATADOS COM ATB, FISIOTERAPIA E BEROTEC. BOM AGORA ELA FOI DIAGNOSTICADA COMO UM BEBÊ CHIADOR E ESTÁ FAZENDO USO DE AEROLIN.
MINHAS DUVIDAS SÃO. ELA NÃO É MUITO NOVA PARA SER DIAGNOSTICA COMO CHIADOR E ALERGICO? ESSE MEDICAMENTO CAUSA DEPENDENCIA? ELE TEM ALGUM EFEITO COLATERAL A LONGO PRAZO?
O REFLUXO PODE CAUSAR ESSE QUADRO?

DESDE JÁ AGRADEÇO.

Anônimo disse...

Olá DR!
Meu filho foi diagnosticado com RGE, ele tem 2 anos e 9 meses, mas até então jamais havia apresentado sintomas. Ele não vomita, o que acomete ele é a tosse intensa à noite e em duas ocasiões esse quadro evolui para uma sinusite. Passei por 3 alopatas e os 3 indicaram Motilium e Label, após 1 mês de uso os sintomas voltaram e eu não estou convencido de que ele tenha RGE. Apenas para complementar ele jamais tomou leite de vaca (por opçao nossa, obviamente ele é acompanho por um nutricionista por conta desta opção). O exame que indicou o diagnóstico foi a cintilografia, mas ele chorava muito durante a sessão. PHmetria de 24 horas acredito ser impossível de fazer nesta idade. O que você recomenda, endoscopia ou algum outro exame que possa avaliar de forma mais precisa?
Obrigado e um grande abraço de todos os papais e mamães que visitam este blog.

poliana disse...

Olá...tenho um filho de 5 anos e meio...desde bebe ele vomitava muito, cheguei varias vezes no berço e ele estava roxo...perdia o ar...fizeram exames de refluxo e diagnosticaram, mas ele sempre ganhava peso e crescia...dormi com ele sentada até completar 1 ano...O pediatra dele receitou o prepulsid, melhorou muito...mas depois o remedio não pode mais ser vendido...Hj ele melhorou bastante, mas tem soluços frequentes...dorme engolindo e as vezes acorda com azia e reclama q quer vomitar...
Ele é bem forte, pesa 28 kg...mas não gostaria q ele passasse por exames invasivos...essas reclamaçãoes dele de vomitar são sempre a noite dormindo...acorda desse jeito...será q é refluxo???
Por favor me ajudem...
Obrigado de coração

poliana disse...

Gostaria de uma ajuda...eu q mandei o comentario acima...meu email é..
poli_lourenco@hotmail.com
Aguardo um retorno...
Obrigada...
Poliana

Cristiane disse...

Olá, meu nome é cris e tenho uma filha de 1 ano e 2 meses, que ultimamente, ñ sei o que fazer pois qdo dou qualquer coisa ela vomita, ontem a noite tinham se passado 4 horas do iogurte e qdo fui dar o mingau nem coloquei a 1° colher e ela já vomitou, pensei que ela ñ queria tomar e forçou o vomito, ñ sei.As vezes to dando mingau, ou comida e ela fica fazendo que vai vomitar, mesmo sem ter comido nada, mas o peito ela ñ larga e nem vomita qdo mama. O que eu faço?

Anônimo disse...

Dr. André
Bom dia! Meu é Ana Roberta somos de Fortaleza/CE, pesquisando na net sobre Refluxo, encontrei vc...meu filho mais novo Gabriel, tem refluxo e intolerancia a lactose, e ao fazermos os exames de rotina soubemos que o grau do refluxo esta em grau III. apesar de td o cuidado que temos. A pediatra passou o tratamento com motilium e losec mup 20mg. gostariamos de saber, se um dia ele vai se curar? melhorar...somos bem obidientes em relação aos tratamentos e ele apesar de pequenino pq só tem 4aninhos já sabe dizer: Isso não posso...qd oferecem coisas que ele não pode comer.Gostariamos de melhor orientação sobre alimentação e uma luz sobre cura ou pelo menos metodos que o deixem melhor.
Desde já agradecemos a atenção que vejo que o senhor dá as pessoas que o procuram. Fique com Deus, muita luz em sua vida.

helaine antunes disse...

Dr. André, boa noite!

Tenho uma filha de 3 anos e 5 meses que há 2 semanas está tomando Motilium e Label. Ela começou com uma tosse que não parava nunca há mais ou menos 8 meses atrás. Os médicos tratavam a tosse como alergia mas os anti-alérgicos não resolviam. Foi então que um médico otorrino fez um exame de endoscopia nasal e percebeu que se tratava de refluxo por conta de uma irritação, mesmo que leve, próximo a laringe dela.

Desde que começou com os remédios, minha filha reclama de dor de cabeça, dor na garganta, dor na barriga e vontade de vomitar. Normalmente, nessas ocasiões, a temperatura dela beira uns 37,5 graus a 38,5.
Estariam estes sintomas relacionados ao Motilium e Label?

Obrigada e parabéns pelo blog.

Cintia disse...

Bom dia, Dr. André,

Eu tenho duas filhas, uma de 6 anos e outra de 7 meses, e estou passando por uma situação delicada, ambas tem refluxo, a mais velha já não vomita mais mas sempre reclama que qdo ela toma leite volta, e sempre reclamou de dor na barriga, até o seu primeiro ano ela tomou leite a.r, e a mais nova tem refluxo, ele fez o exame e foi constatado, ela chegou a ficar internada por causa de bronqueolite devido ao RGE, ela não vomita, mas ela arrota o tempo todo, e soluça, eu sinto que o leite e a sopinha volta e ela engole novamente,ela toma o domperidona e o label, e leite a.r, minha maior preocupação é: ela pode frequentar berçario assim? ela vai desde os 3 meses, mas a pediatra do pronto socorro disse que ela não pode frequentar escola, já a pediatra dela diz que ela pode ir, escreveu até uma carta com os cuidados que tem que ter com ela, porque ela sabe que tenho que trabalhar. Tenho conversado com outras mãe que tem o mesmo problema e elas me falam que seus filhos não podem frequentar berçario/creches e que só a partir dos 3 anos, é isso mesmo?

Carla disse...

Olá, sou a Carla, tenho dois bebês de 4 meses, nasceram de 34 semanaso Murilo pesou 3,260kg muito saudável e o Samuel 2,460kg sempre foi mais fraquinho, teve bronquiolite ficou no CTI com apenas 2 meses, sofreu muito com refluxo, ja tomou muitos medicamentos Label, Motilium,Bromoprida, um chamado fosfato sódico de prednisolona entre outros... Agora o refluxo deu uma acalmada, só que ele sofre muito de dores no abdomem acredito que sejam no estomago. Podem ter sido os medicamentos que prejudicaram o meu pequeno ou é ainda um tipo de queimação? Sera que devo continuar com o Label? Não quero ve-lo sofrer mas, tenho medo de prejudica-lo, pois alem de tudo isso não concegui amamenta-lo. lembrando que ele não esta tomando mais medicamentos, parei pois os vômitos sessaram. Por favor, aguardo sua opinião.
Muito obrigada, parabéns pelo blog.

Anônimo disse...

Boa tarde andré tudo bom?
olha sou a edna falo de angola, adorei sua materia sobre o refluxo. gracas a deus meu menino quase nunca me deu problema, nasceu super calmo e esta crescendo assim tb. quando ele golfava era apenas um pouco e quase nunca saia nada. Ele é grande porque ja nasceu com 4,140. Neste nomento ele tem 8 mesitos e assustou-me porque ultimamente ele tem ficado muito gripado, com o nariz bem tapado, mas nunca teve tosse e nem catarro. sou que a semana passada foi demais, começou logo com uma tosse que dei conta que estava com muito catarro, e logo depois começaram os vomitos que so acontecia sempre que tomasse leite, porque com a fruta, com a sopa, e as papas nao acontecia. Aí veio a propria gripe e fbre. levei ao medico porque fiquei sem saber se era refluxo ou não porque ele mamava e 2 minutos depois todo leite saia mas todo mesmo, o medico disse que não era nda a nao ser uma simples gripe pediu para fazer soro e xarope caseiro. Assim fiz e nda dele melhorar so piorava 2 dias depois nao aguentei e fui indicada a uma outra pediatra logo que o viu disse que estava com bronquite, e tb fazia alergia aos citricos (laranja, limão, tomate e por ai fora), sem contar com as alcatifas, bonecos de pelucia, poeira etc. Medicou-lhe logo com antibioticos, e pediu que passasse a lhe dar um leite da mesma marca que ele toma mas o antialergcio para que parasse com os vomitos. eu prgunto será isso um refluxo que o meu baby tinha? O bom de tudo é que ele esta em melhor, já nao faz febre, a gripe diminuiu, ja nao vomita, aceitou o leite, apenas ainda tem um pouco de catarro. Eu e o pai dele temos problemas de sinosite´será que isso lhe irá afectar ou seja o meu bebe terá também estes problemas?

Obrigada por este espeço aguardo resposta

Edna
Angola

viviane disse...

DOUTOR QUE DESESPERO... MINHA SUBRINHA DE 28 DIAS A 15 INTERNADA NAO VOMITA TEM CONVULÇOES QUE O MÉDICO DISSE QUE SÃO ENGASGOS(FICA TODA ROXA ENDURECE PÉS E MÃOS ,FICA SEM AR)5,6 MUITAS VEZES AO DIA FEITO VARIOS EXAMES ELE DIAGNOSTICOU REFLUXO PATOLOGICO ESTA TRATANDO COM MABEL E MOTILHO SEM NENHUMA MELHORA,ELA FICA TODO TEMPO MOLINHA DESFALECIDA AGORA EÇLE DIZ QUE VAI DAR ALTA E Q O QUE DVEMOS FAZER É DEIXAR ELA O TEMPO TODO DE PÉ E DAR A MEDICAÇÃO O QUE FAREMOS ??ELE DISSE QUE A CIRURGIA PODE NÃO SURTIR O EFEITO DESEJADO POR ISSO NÃO É VIAVEL??NUNHA DESSAS CRISES ELE PODE NÃO VOLTAR??É SÓ O QUE PODEMOS FAZER??MERESPONDA POR FAVOR viviqueen2008@hotmail.com obrigado

Andre Bressan disse...

Viviane e demais,

Eu tenho uma tremenda dificuldade para responder comentários, sem falar que este espaço não seria mesmo para diálogos.

De qualquer forma fico de coração partido por não conseguir ajudá-los. NÃO POSSO INTERFERIR NA CONDUTA DOS SEUS MÉDICOS, SÓ POSSO INSTRUí-LOS.

Às vezes, o tempo cura... às vezes.

Um abraço.

Anônimo disse...

Dr Andre, gostaria de sua ajuda. Tenho uma filha de 4a 10m, neuropata com microcefalia sem causa aparente, foram realizados todos os tipos de exames ao nascer mais nada foi detectado,vírus, problema genético ou mesmo hematógico, hoje seu neuro fala que possivelmente pode ter sido problema de circulação fetal que acomete entre o 5 e 8 mês de gestação, enfim não foi fechado o diagnóstico, mesmo assim não tinha o que se fazer do mesmo jeito. Ë uma anjo na minha vida e desde então sua vida tem se revelado bastante emocionante com altos e baixos. Mas no geral ela esta super bem, além de ser assistido pelo pediatra, tem o acompanhamento do nefro, neuro, cirgião infantil da parte da bexiga, um outro do intestino enfim a equipe realmente é muito grande. Só que infelizmente ou não os médicos vão se especializando tanto são incapazes de ajudar na outra área que não for a sua, só que a criança é um todo, e não um ser com apenas a cabeça, enfim dão remédio para a cabeça que afeta o rim, ai o nefro vai lá e tenta ver se pode tirar a medicação enfim cada um passa a medicação da sua area específica esquecendo de olhar a criança como um todo. Minha filha toma trileptal, losartana potassica, retemic, motilum, kalyamon, imagina o estômago dessa criaturinha. Fiz um exame de refluxo e o dela não chega a vomitar e muito raramente tem gorfada, um no terço alto, mas não chega na boca. Tem alguma coisa que posso fazer para aliviar, chás,......o motilium não está resolvendo o que fazer? O que fazer Desculpe por ser tão prolixa, mas gostaria que tivesse uma visão geral da minha pequena florzinha. beijos

GISLAINE disse...

oi dr, meu nome é gislaine e tbm sofro com isso, minha filha tem 47 dias e praticamente ela solta leite o tempo todo após mamar, isso se torna um tortura pois a quantidade de leite é muito grande, e em algumas mamadas ela fica muito agitada ai que ela solta mesmo e quando faz força para fazer cocô, agora estou dando pra ela o digesan q o méd passou mais assim que dou ela solta alguns minutinhos depois junto com o leite, o q devo fazer nesse caso? ah será q posso dar um ant acido pra ela? nenhum já passei com 3 pediatra e nenhum reseitou, e nenhum me explicou sobre esse maldito refluxo, todos dizem a mesma coisa: ISSO É NORMAL!!! estou cansada de ouvir isso que uma soluçao e mais conforto pra minha bebe! eu sei que isso vai melhorar mais pra frente, mais será que naum exite algo pra diminuir isso? ah já faço tudo isso que vc passou, e estou dando por conta o aptamil ar somente anoite e estou dando 30 ml e mesmo sendo pouco ela as vezes solta! quando ela mama e dorme tranquila ela não solta, mais quando ela fica agitada e as vezes até mesmo dormindo ela fica super agitada ela solta muito, mais muito leito... só sei que isso esta me tirando o sono! dr por favor me ajude, que eu posso fazer pra ela não ficar muito agitada no sono... me alguma dica! desde ja agraço ah tem como me mandar a resposta por email?

Andre Bressan disse...

Gislane,

Impossível te ajudar mais do que isso à distância.

É importantíssimo verificar o posicionamento, deixá-la mais em pé depois da mamada.

Se estiver perdendo peso, ou ganhando pouco peso, ou tendo infecções, ela terá que ser vista por um gastropediatra. Converse novamente com seu pediatra. Insista que vc está angustiada com a situação. Dê notícias.

Um abraço.

PS: Não consegui responder por e-mail.

Anônimo disse...

Boa tarde Dr. Andre.
Estava procurando na net soluções para o refluxo e me deparei com seu blog, e acheio muito esclarecedor.
Tenho uma filha (Mariane) de 3 meses e meio, que esta sofrendo com o "refluxo", em praticamente todas as mamadas ela regurgita, e em algumas ocasioes não coloca uma gota ciquer para fora, tem dias que é uma maravilha, quase não gorfa nada, mas tem outros que tenho que trocar uns quatro macacões por dia.
Ela esta ganhando pouco peso mas esta crecendo bem, quase 3 centimetros por mes, minha pediatra as vezes fica confusa pois, apesar do refluxo ela não demonstra os tais sinais clasicos, esta bem corada, é bem ativa e esperta para a idade dela, e não tem chiado no peito.
Ela passou o digesan e o motilium, que parece não resolver muito, solicitou um exame de urina, que ainda não saiu o resultado e me orientou a passar ela no gastro pediatra, mas ainda não achei nenhum que atenda pelo meu convenio.
O Dr. poderia me dar uma ajuda, uma orientação.
Desde já agradeço a atenção, obrigado.

Mauricio S. Rocha, São Paulo-SP

Andre Bressan disse...

Pelo visto vcs já estão suficiemente orientados. Parabéns.

Duda o Levita disse...

Boa Noite Dr. Andre Bressan, se uma criança de 2 meses tomar uma dose ecessiva de um medicamento por erro dos pais, o medicamento é Motilium (domperidona 1 mg/ml. era para dar para 5 Kilos e deu foi 5 ml, isso pode ter alguma reação muito Grave por favor me ajude.

Brasilia DF 15 de abril de 2010.
Duda.

Andre Bressan disse...

Sim, pode ter efeitos colaterais, raramente graves, mas às vezes importantes. Espero que vc não tenha esperado esta resposta, e tenha levado seu filho de 2 meses à uma emergência pediátrica.

Um abraço.

Camila disse...

Boa tarde Dr Andre,
Minha filha de 45 dias tem refluxo. estamos tratando com motilium, label e losec. Quando tem dor e chora, acrescentamos o tilenol. Mas, notamos que muitos dias ela não dorme e fica bem agitada (passa ateh mais de 10hs sem dormir), a médica disse que eh por conta do motilium... há algo que posso fazer para que ela durma?

Andre Bressan disse...

Camila,

45 dias é muita novidade para todos em casa. Ainda mais com um bebê que chora e tem RGE. Primeiro tente acalmar-se. Depois, acolha-a, mas entenda que algumas vezes não haverá consolo. Procure mante-la numa posição confortável e siga as recomendações anti-refluxo.

Anônimo disse...

Olá, bom dia.

Tem um filha de 3 anos, a Julia. E desde os 3 meses foi constatado que ela tem refluxo.

Tomou motilium e label até 1 anos e 8 meses.
A pediatra a encaminhou a um gastro, que pediu varios exames e a conclusão de um deles foi: Exame compatível com presença de refluxo gastroesofágico ácido patológico.

A partir dai começou a usar o omeprazol. No inicio do ano a gastro pediu para suspender o omeprazol.

Ficou dois meses sem o remedio, daí começou com uma tosse com catarro que não passa. Tomou inumeros xaropes, decongex plus, abrilar, mucolitic e até agora nada.

Os medicos dizem que não é do refluxo, está curada, é alergico a tosse.

O que faço, dia 27 faz dois meses que esta com essa tosse.

Desde já agradeço pela atenção.

Andre Bressan disse...

Anônimo,

Essa tosse pode ter uma infinidade de causas.

Como se trata de uma criança com uma história patológica extensa, o melhor é conversar com seu pediatra. Pode ser qualquer coisa: sinusite, RGE, rinite, ou outra condição que só examinando a sua filha.

Um abraço.

Nota Legal - Maximize seus Créditos ! disse...

Boa tarde Dr.,

Gostaria de saber o porquê de alguns médicos terem medo de prescrever o digesan para bebês. Minha bebê tem refluxo e não se deu com o motilium, teve cólicas e diarréias. Qual é o perigo do digesan e a diferança para o motilium???
Atenciosamente
Anne

Anônimo disse...

Olah dr tb adorei seu blog
desculpa como screvo do iphone con nina em braco
ela tem 4 meses e aos 2 ela sufocou e descobrimos o refluxo ( por meio de uma ecografia)
ela nao regurgita nem vomita na verdade nem sei se ela tem a patologia
ocorre q o leite sobe ( exclusivamente materno) e ela nao dorme. Ultimamente tah mto dificil ela conseguir dormir. Ela comecou a comer pera e agora eu vou suspender por conta peopria p saber se tem a ver com a piora do retorno do leite
ela sofre por nao dormir... E antes disso fico ela areh uma hora p arrotar etc tem a cama elevada etc
ela tb apresenta soluco molhado...
O sr acha q isso eh refluxo? A povre tah con olheira sem dormir e eu o bagaco da laranja ne!
Obrigadaaaaaa
daiaflorios@hotmail.com

Andre Bressan disse...

Anônimo,

Isso tem cara, cheiro e cor de refluxo.

Dá trabalho, mas tenha paciência. Tende a melhorar.

Uma dica: não ponha seu e-mail tão publicamente. Pode ter um miserável por aqui que pense asneiras, como enviar-lhe um vírus.

Mas obrigado por visitar.

Um abraço.

Ana disse...

Boa tarde! me chamo Ana e tenho um filho de 5 anos e meio, ele fica arrotando o tempo todo (baixinho) e quando chamo atenção ele chora, falando que sento dores na regiao do peito e que se ele nao arrotar parece que o coração vai parar de bater e que ele nao vai mais respirar, to desesperada, o que pode ser isso?

Andre Bressan disse...

Ana,

Podem ser uma infinidade de coisas. As mais prováveis são gastrite, refluxo, hérnia de hiato.

Desespero não é a questão. Marque uma visita com o seu pediatra. Ele te dará a melhor conduta ou te encaminhará para um gastropediatra.

Um abraço.

Andre.

Cel disse...

meu nome e lorraine tenho 21 anos tenho 1 filho de 2anos de idade ele me dar muita dor dar cabeça sempre que ele tosse ele vomita muito.quando come quase sempre vomita acomida dele é de criança de meses pois se comer arroz,carme ;comida semn ser amassada ele vomita muito
gostaria de um resposte urgente sera que devo leva-lo em um gastro pediatrico
gostei muito da materia

Andre Bressan disse...

Cel,

Não sei se isto é RGE. RGE não tem relação direta com a comida ser em pedaços ou amassada.

Mas você deve ter uma conversa com seu pediatra. ele vai te responder.

ci araujo disse...

Boa tarde, Dr;

Tenho um bb de 2 meses e meio, que já foi diagnosticado com refluxo e está tomando Losec plus e Domperidona. Ele está melhor do refluxo, raramente golfa e já não chora jogando a cabeça pra trás e esticando as perninhas como fazia antes, entretanto está tremendamente irritado, chora por tudo. Toda vez que chora descarto todas as possibilidades, fome, fralda, cólica, sono (dorme bem a noite e 3 sonecas curtas ao dia)... e não consigo interpretar a razão desse desespero dele. Pergunto: essa irritação pode ser efeito dos remédios?
Outra coisa: nos últimos 4 dias, na hora de mamar, (ele só mama NAN Confort) fica virando o pescoço de um lado pro outro e resmungando, mas não chora e demora mais de 30 min pra mamar 120/150 ml. Li na bula da Domperidona que pode causar movimentos do pescoço e dos olhos. Será o caso?
Penso em parar com Domperidona, mas tenho medo que a azia dele volte. O que me aconselha?
Desde já agradeço.

Andre Bressan disse...

Ci,

Pode ser irritabilidade dos remédicos? Pode.

Esses movimentos são os descritos na bula? Não sei.

O que fazer? Procure seu pediatra.

E parabéns pelo ganho de qualidade de vida que vcs deram para seu filho.

Um abraço.

Larissa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Larissa disse...

oi dotor meus filhos gemeos de 7 meses ficaran internados 4 dias com bronquiolite,eles tomaram predsim e fiz nebulizaçao com berotec e atrovente,ja passou duas semana e eles estao chiando o peitinho muito o que eu faço? me responda por favor

Andre Bressan disse...

Larissa,

Não sei o que te dizer. Isso pode ser uma condição respiratória ou podemos mesmo estar diante de um RGE.

A melhor conduta é começar a adotar as posturas anti-refluxo e procurar seu médico. E ele vai investigar a questão.

Um abraço.

Anônimo disse...

Boa tarde Andre.

Tenho um filho de 3 anos que esta com uma tosse alérgica a três meses e meio.
Tomou desalex, predsim, usou vários sprays nasais e nada.
Ele tem sinusite com uma certa frequência e é muito alérgico.
O medico disse que o meu filho esta com a adenóide alterada, obstruindo 70% da passagem de ar no nariz e comprometendo tbém a passagem de ar nos ouvidos. Esta com água no ouvido, terá que colocar um dreno e retirar a adenóide. Minha duvida é; isso pode causar uma tosse tão duradoura? A cirurgia vai resolver o problema da tosse? Não aguento mais ver meu filho tossir tanto e tomar inúmeros medicamentos sem sucesso.

Desde já agradeço pela atenção e carinho sempre.

Anônimo disse...

Olá Dr. tenho uma duvida:
Bromoprida: 1 gota por kg? minha filha tem 41 kg como fica a quant de gotas??? nossa, tá certo isto?

Dr. Andre disse...

Anônimo,

Esta regra não é exata, nem infinita. Imagina um cara de 100 kg, o que ele faz, toma 100 gotas?

Eu não posso prescrever pela internet, mas posso te dizer que um adulto não tomaria mais que 35-40 gotas.

O remédio deve ser oritado ou prescrito por um médico.

Um abraço.

Dr. Andre disse...

Anônimo de cima,

Este é um artigo sobre refluxo, não sobre adenoidectomia (retirada das amígdalas).

Mas é possível que isto esteja correto, é possível que a sua informação esteja incompleta, e pode ser que a indicação esteja errada (pelos dados sobre a obstrução, posso dizer que provavelmente o otorrino esteja correto.

Mas sem ver seu filho, sem conversar com o otorrino, é impossível eu meter minha colher nesta sopa.

Converse abertamente com o otorrino ou busque uma 2a opinião, se você não está confiante.

Um abraço.

Luciana disse...

Olá Dr. André. Meu filho tem 3 meses e chora demais pra dormir, é só eu deitar ele no colo que começa a gritara. Será que é refluxo que piora com a posição. Dificilmente ele vomita, mas as vezes parece que volta como se fosse um soluço. El tbm fez coco com sangue algumas vezes e mi disseram que pode ser o leite de vaca que eu consumo. É possível? Minha peditra disse que é normal, mas eu estou perdendo a calma com essa gritaria dele. Acho que não é possivel chorar tanto se não é nada... existem exames para descobrir se é alergia e se a alergia causa o refluxo? O sr trata isso ou devo procurr um alergologista? obrigada. Luciana

Loriane disse...

Dr a minha filha Lorena está com 1 ano e 4 meses, nao vomita, já fez cirurgia do refluxo (com 4 meses),melhorou muito más infelizmente nao conseguimos acabar com o problema.
Ela passa muito mau principalmente quando dorme (Fica com a testa gelada e soa muito, quando percebemos levantamos ela no colo e fica bem... a testa esquenta e ela respira melhor) e as veses acorda, senta na cama chorando parece de dor... derepente ela para de respirar junta os bracinhos, fica dura e depois vai passando... dá impressão que a garganta dela está fechada... na maioria das veses conseguimos evitar estas crises pq ficamos com ela no colo até a digestão acontecer... as veses horas... O Sr já tratou caso parecido? Quando isso tende a passar? Ela ainda nao anda... andar pode melhorar? Com a cirurgia nao deveria ter acabado este refluxo? Loriane de Bauru-SP

Dr. Andre disse...

A cirurgia é drásticamente efetiva, mas não é infalível.

Toda autonomia corporal pode ajudar. Sentar, e ficar em pé sozinha, ajuda, andar também. Porém, Loraine, o que me chamou a atenção é o fato de sua filha de 1 ano e 4 meses não andar ainda.

Já pensou em conversar com seu pediatra sobre isso?

Um abraço.

Loriane disse...

Então Dr., ela ainda não anda por que ficou muito tempo dopada e internada, por conta de um diagnostico errado confundiram as reações do refluxo com epilepsia, ai doparam a minha filha, ela desidratava pq não tinha forças nem pra mamar ai tinha que internar para hidratar... Foram 18 médicos e só em São Paulo com o Dr Salomão (Neurologista) conseguimos o diagnóstico que era refluxo oculto. Os remédios anticonvulsivante ( Depakene, rivotril, gardenal e sonebom foi o que receitaram - Absurdo né?) atrapalharam o desenvolvimento motor dela e ajudaram piorar o refluxo.
Agora comecei a dar omeprazol a noite também e está sendo muito bom! Ela não está suando e nem chorando... Está ótima... O Senhor acha que devo contratar uma fisioterapeuta para ajudar a Lorena andar? O que vc me indica? Ela fica em pé dá passinhos com a ajuda de pessoas, sozinha ela não anda...
Loriane - Bauru

Lu disse...

Olá Dr. André
Minha filha tem 02 anos e já tomou todos esses remédios conhecidos para refluxo... mas de nada adiantou. Ela continua tendo as crises de tosse e toda vez que mama, quase sempre bota tudo pra fora. Fizemos tudo o que o médico nos orientou, inclusive, 02 ultrasonografias recentes... Seria o caso dela desses que não vão melhorar?
O que o doutor acha sobre os tratamentos fitoterápicos? Podem ajudar? Não queo passar de novo por tudo que já passei com minha filha( ela já teve 5 otites e a secreção - catarro - nunca melhora nem no verão)...

De qualquer forma, foi muito bom encontrar esse site...
Obrigada!

Luana Brasil disse...

Boa Tarde Doutor André! Não sei se ainda está respondendo seu Blog, mas achei ele muito interessante e tenho dúvidas sobre o Refluxo. Minha filha tem 2 anos e 9 meses e teve refluxo quando bebê. Fizemos o tratanmento por 1 ano com Motilium e Label e os sintomas haviam desaparecido. Há alguns meses ela está tossindo bastante, principalmente após as mamadas noturnas chegando até a vomitar. Administrei os tratamentos recomendados para a tosse mas não está havendo melhora, parece que tem até um catarro, o peito chia. Pode ser Refluxo?

Dr. Andre Bressan disse...

Luana,

Vale a pena pensar no RGE. Mas não se esqueça que uma série de condições podem causar sintomas parecidos, como rinite, sinusite e bronquite. O que sua pediatra pensa disso?

Adma disse...

boa noite, tenho uma filha de dois meses e meio,certa vez ela dormindo começou a engasgar e sair leite pelo nariz, levei no medico a pediatra disse que nao tinha nada de mais, só que ao chegar em casa ela começou a espirrar muito, e a tossir como se estivesse resfriada mas nao estava, parecia que o leite tinha ficado nas vias respiratorias dela, e ai muita tosse ansias de vomitos, chegou a vomitar muito, depois que ela mama eu espero ela arrotar mas aconteceu de novo.! por que? é angustiante ela parece ter dificuldade ára respirar, me ajude é perigoso para ela? isso é normal em bebes?

Dr. Andre Bressan disse...

Adma, muitas das suas perguntas estao respondidas no artigo. Uma resposta mais personalisada so e possivel com o seu pediatra.

Anônimo disse...

Olá, encontrei seu blog buscando informações sobre refluxo e achei de grande ajuda suas colocações, sempre de uma maneira direta.
Minha filha tem 2 meses, não apresenta golfadas a cada mamada, mas tem sono agitado, as vezes recusa mamar, chora após as mamadas, tem um ronco estranho no peito,etc. Nosso pediatra indicou tratamento com motilium e label. No entanto estamos receiosos de iniciar um tratamento com estes medicamentos, afinal isso pode passr com o amadurecimento do sistema digestivo. Por outro lado, temos medo de não fazer o tratamento e se agravar ou causar outra patologia. Qual seria o melhor procedimento? O que o não tratamento pode causar?
Agradeço, e mais uma vez parabéns pelo blog...
Clarice

Anônimo disse...

Boa noite, tenho um bebê de 6 meses e meio. Ele é extremamente feliz e bem desenvolvido! Teve ou tem muito refluxo quando mamava no peito. Aos 5 meses parei de amamentar (meu leite foi secando) e começamos as papinhas! Ele AMOU!!!! Comia até fazendo barulhinho de que estava gostoso, uma delícia assistir.
Mas de vez em quando ele comia e de repente, abria a boca e pronto! Saia jatos de comida ( papinha ). Nós o limpamos e ele volta para comer tudo de novo, em 99% das vezes não vomita de novo.
Éstou preocupada por ele tem vomitado mais ainda agora. Em geral vomita umas 5 vezes na semana. E nesses últimos 2 dias vomitou após cada papinha salgada, mas ele está com uma super virose... não sei se acentua a questão...

Ele ganha peso super bem!
Estou aflitíssima!!!!!!!!!!!

Obrigada,
Cecília

Anônimo disse...

Bom meu filho tem 4 anos.ele reclama de dor de barriga todos os dias,as vezes ja acorda com a barriga doendo ele tambem sente muita fome mesmo depois de ja ter comido algo,quando ele diz que esta com muita fome eu pergunto o que ta doendo e ele diz que e a boca,que eu acho que seja um queimor na garganta.
Sempre que ele faz as refeicoes ele reclama de dor de barriga
Mim ajudem por favor o que sera isso